quinta-feira, 26 de novembro de 2015

BEIJO BANDIDO


O beijo que eu quero te dar, 
vai ser de repente,
impossível de esquecer,
vou te prender entre meus braços,
vai ser tarde demais pra escapar, 
tentar fugir.

Vai ser um beijo guloso, faminto,
meio moleque, meio bandido,
meio roubado, inconsequente.
Vai ser a qualquer momento,
inesquecível, atordoante, apaixonado.

Este beijo vai ter que ser aflito,
Não terá nenhum juízo,
vai vir de dentro das entranhas,
vai querer te invadir, tentar te engolir.
Mostrar que não há engano
loucura tamanha.

Não vai ter equilíbrio, vai nos fazer flutuar,
vai ser viril, intenso, desafiante
vou te olhar nos olhos como domador
te mostrar como é lindo te tocar,

Vai ser um beijo molhado, cheio de tesão,
degustado sem pressa, vagabundo, imenso...
Vai ser demente, atrevido, insaciável, cuidadoso,
mas vai ser prepotente... sem permissão.


Marcos tavares