sexta-feira, 2 de maio de 2014

QUANDO A PORTA FECHAR




Há de ser dor,
quando a porta
fechar,
quando o tempo
decidir
romper este  amor.

Há de ter lágrima
no brilho
dos meus olhos
e em tudo
que nos meus
poros
já teve o teu riso,

...de ser em vão
tudo que já foi
a razão
desta vida

e de ser esquecido
tudo que
deste amor restar
...somente a ferida.




Marcos tavares